Bruxaria Natural

Feliz Litha

E aí que chega o verão e com ele, mais um sabá! Litha para os pagãos, mas também conhecido como o solstício de verão. Tempo quente, em que os povos antigos uniam-se para celebrar o Sol, sua força, fertilidade, plenitude. O dia mais longo do ano marca o início do fim (acho que já ouvi isso antes). Por que fim? Como todo ápice, sabemos que assim que atingido inicia-se o ciclo da volta, o inicio marca o fim dos dias longos, e assim começa o processo inverso.

Nesse período fogueiras são acendidas para homenagear o Deus-Sol, e celebrar sua partida. Nesse momento ele começa a declinar, e preparar-se para dar o último beijo em sua amada, a Deusa, e partir no Barco da Morte, em busca da terra do verão. Assim, posso entender que: ele casou, engravidou a Deusa e vai fugir… Sabe, isso é tão parecido com as festas juninas!! Tem até a parte que o noivo sai correndo… enfim… Entramos novamente no dilema dos hemisférios, e festas copiadas. No hemisfério norte o ápice do verão é em junho e aí, lá vamos nós, do hemisfério sul copiar a festa e comemorar na data errada e com os motivos mais absurdos.

Quando comecei a preparar este texto, um monte de coisas me passou pela cabeça, assim como uma confusão de símbolos e crenças que somos obrigados a suportar. Talvez essa seja a razão do desequilíbrio, afinal, comemorar em pleno verão o inverno, deixa qualquer um confuso. Isso que dá copiar! E então, lembrei mais uma vez de uma palavrinha que tem resolvido muito bem todos os conflitos com os sabás maiores: egrégora. Ela nada mais é que a pacificadora de massas, e ainda consegue explicar porque esse caos funciona.

A tia wiki diz que

 Egrégora, ou egrégoro para outros, (do grego egrêgorein, Velar, vigiar), é como se denomina a entidade criada a partir do coletivo pertencente a uma assembléia.

Ou seja, se o coletivo induz uma ideia, uma crença, é bem possível que “sinta-se” no ar uma certa diferença, o tal “ar natalino” ou “clima de ano novo”. Mas já vou dizendo uma coisa, depois que você toma a pílula vermelha, não sente mais isso não, e começa, inclusive, a questionar a validade de tais festas invertidas.

Resumindo, para o hemisfério Sul desejo um ótimo Solstício de Verão. Feliz Litha, e que o Deus e a Deusa tragam lhe o equílibrio e a força para que faça suas reservas. Afinal proatividade é tudo, e comemorar o verão só nos diz que o inverno está cada vez mais próximo. Logo, está mais do que na hora de preparar esforços para a grande colheita!! Aproveitemos as frutas da época, e de preferência, frescas!!

Feliz Litha!!

Beijinhos

Criatura da área de exatas que ama ler e estudar além de esconder-se na bolha. Típico né? Apenas buscando um lugar discreto e elegante ao sol. Programadora web, leitora compulsiva, ama o belo e exótico, apreciadora de uma boa música.