Literatura

Marina, de Carlos Ruíz Zafón

Marina, de Carlos Ruíz Zafón

O post está atrasado, pra variar, mas a leitura nem tanto. Decidi pela leitura baseada em algumas resenhas que li no início do Desafio Literário de Fevereiro. Já possuía o livro, mas estava sem coragem. Sabe, fiquei com receio de acontecer o mesmo que ocorreu com o outro livro do autor: parei no meio do caminho, e, não ando tão empolgada para voltar. Mas, como disse, o que li sobre Marina mostrou que seria uma leitura diferente. Resolvi encarar!

De fato, a leitura é bem tranquila, a história é curta, e acaba te envolvendo, mesmo (a meu ver) sendo bobinha e previsível, te deixa com a curiosidade de “como ele vai se sair dessa?”, vale como distração.

Marina é um livro de memórias. É a história de Oscar Drái, um homem que resolve, depois de tanto tempo, contar a história de um episódio que aconteceu-lhe na adolescência, quando estudava no internato em Barcelona, e ocasião em que conheceu Marina e seu pai. Logo tornam-se amigos, e envolvem-se em um mistério: descobrir quem é a dama de negro que todo primeiro domingo deixa flores num túmulo sem nome, cuja única identificação é uma borboleta negra gravada. E a partir da deixa, começam suas descobertas a um passado mais distante, e uma Barcelona de outros tempos.

“Está enganado. Aqui estão as lembranças de centenas de pessoas, suas vidas, seus sentimento, suas ilusões, sua ausência, os sonhos que nunca conseguiram realizar, as decepções, os enganos e os amores não correspondidos que envenenaram suas vidas… Tudo isso está aqui, preso para sempre.”

Eu diria que a história lembra muito a série vaga-lume, onde normalmente eram unidos os mesmos fatores: crianças ou adolescentes, um mistério ou aventura, e algo que atrapalhe o desenlace. Não vou dizer que fiquei fã do autor, já que tenho a lembrança de uma leitura não completada, mas, prefiro que ele mantenha esse ritmo. Não desmerecendo Zafón, apenas o considero com um excelente autor para frases com efeito. Aliás, ele tem esse dom, no meio de um monte de lero-lero, consegue extrair pérolas que ficam para a vida. Leia sem compromisso, e divirta-se por um fim de semana! 😀

Nota 4 (1 – 5).

Autor: Carlos Ruíz Azfón
Título: Marina
Editora: Objetiva
Número de páginas: 192
Ano de publicação:  2011

Beijinhos

Criatura da área de exatas que ama ler e estudar além de esconder-se na bolha. Típico né? Apenas buscando um lugar discreto e elegante ao sol. Programadora web, leitora compulsiva, ama o belo e exótico, apreciadora de uma boa música.