Família

O dia do passeio

Quinta passada o dia começou bem cedinho para o filhote, aliás, acho que começou um dia antes! Afinal, quinta seria o dia do tão esperado passeio a Cia dos Bichos. Tentei fazê-lo dormir cedo, mas sem sucesso, quem pegou no sono fui eu. Quase não dormi com medo de perder a hora de levá-lo, e quando toca o despertador:

6:00

E bate um soninho…. Fui chamá-lo. Fui instruída, por ele mesmo, que para acordá-lo basta fazer cócegas. Hmmmm, não funcionou. Eu tinha um plano B, e falei juntinho a ele “Que peninha, eu achei mesmo que você queria ir ao passeio…” – não consegui terminar de falar, e já sentava na cama, tudo o que pedi ele fez, lavou rosto, trocou de roupa, e foi feliz da vida reforçar o café da manhã. Soninho batendo, mas todo animado.

Quando fui buscá-lo, já estava a espera, o ônibus adiantou. Tudo bem. Veio correndo, mochila nas costas, feliz da vida:

– “Mamãe, a Cia dos Bichos é muuuito legal!! Eu tirei leite da vaca, andei a cavalo, alimentei os patos, vi ovelha, e lá, todas as crianças podiam tocar nos bichos! Foi muito legal, você tem quem ir!”

:’-)

Valeu a pena cada centavo.

Voltamos a pé para casa, e assim pude ouvir todas as histórias, músicas, brincadeiras, e todas as recomendações para que eu vá conhecer o lugar.

Criatura da área de exatas que ama ler e estudar além de esconder-se na bolha. Típico né? Apenas buscando um lugar discreto e elegante ao sol. Programadora web, leitora compulsiva, ama o belo e exótico, apreciadora de uma boa música.