Literatura

Vidinha boa, de Véronique Caplain

Vidinha boa

E chegando mais um para a leitura da semana do Giovanne, dessa vez com Vidinha Boa, de Véronique Caplain, para mim até então, desconhecida. Gostei da história, apesar de não ter amado. Sendo bem direta, não sei se presentearia qualquer criança com o exemplar, porém, existe uma gigantesca ressalva que me faz pensar: eu adorei a ilustração, é coisa de você ficar olhar por minutos um par de páginas sem texto algum, apenas observando cada detalhe da composição, assim ficamos, eu e o filhote. Na dúvida da indicação: meça pela idade. Achei perfeito para quem está aprendendo a ler: curto e simples.

Giovanne - leitura2

Desta vez eu o questionei quem escolhe o livro, se ele ou a professora, e ele respondeu prontamente: Eu. Emendei a pergunta, e por que você escolheu esse livro?

Ah, por causa dessa corujinha aqui atrás do livro. E apontou para a figura:

Vidinha boa

Só achei bem estranha a distribuição de nomes na capa. Só eu acho estranho o tradutor estar com mais destaque que o autor? Bem, eu devo estar pegando birra, mas sei não viu.

Vidinha boa

Observações a parte, adoramos a leitura da semana, mais uma vez. Que venha o próximo, ainda mais agora com esse friozinho que é sempre um ótimo convite a leitura. Sabemos que para um bom leitor não existe tempo bom ou ruim, mas, para os novatos, qualquer incentivo é válido.

Beijinhos, e uma ótima semana!

Criatura da área de exatas que ama ler e estudar além de esconder-se na bolha. Típico né? Apenas buscando um lugar discreto e elegante ao sol. Programadora web, leitora compulsiva, ama o belo e exótico, apreciadora de uma boa música.