Literatura

Desventuras em Série – Serraria Baixo-Astral, de Lemony Snicket

Quando decidi que queria ler todos os livros até a série estrear na Netflix, não imaginei que eu teria um acumulo tão grande de posts a escrever. Esse detalhe não se passou nem um momento pela minha cabeça. E aqui estou, escrevendo dobre o quarto livro, tendo uma fila esperando para entrar por aqui. A parte boa, é que a meta de leitura está em dia, visto que a série, que já estreou e já foi devidamente assistida, não chegou nem na metade dos livros, o que me deixa com expectativa de mais duas temporadas. Em outra ocasião posso falar da série. Agora, vamos voltar aos livros.

A Serraria Baixo-Astral corresponde ao quarto livro dessa desventurada saga dos Baudelaire, e nem sei se posso dizer isso mas, está cada vez mais divertido. Isso não quer dizer que estou feliz com as situações que eles passam, mas o entrosamento com o autor está cada vez melhor, e essas altas doses de ironia me fascinam. A história pode ser super tranquila de ler, em duas horas é bem fácil de terminá-la, mas em momento algum isso significa que é uma história para crianças, aliás, não é porque temos crianças protagonistas que significa que o livro é infantil. As altas doses de sarcasmo, ironia, e nenhuma aventura bem sucedida podem comprovar muito bem isso. Virando fã em 3… 2… 1… 🙂

A expressão “coerência estilística” é usada para descrever livros que mantêm um mesmo estilo do princípio ao fim. Por exemplo, o livro que vocês estão lendo nesse momento tem coerência estilística porque começa triste e continuará desgraçadamente triste até a última página. 

Nota 5 (1 – 5) .

Autor: Lemony Snicket
Título: Serraria Baixo-Astral
Número de páginas: 176 (ebook)
Ano de publicação: 2002

Beijinhos

Criatura da área de exatas que ama ler e estudar além de esconder-se na bolha. Típico né? Apenas buscando um lugar discreto e elegante ao sol. Programadora web, leitora compulsiva, ama o belo e exótico, apreciadora de uma boa música.